OLÁÁÁ!!! GERINGONCEIROS!

Se você é poeta, músico, ator, artista plástico, dançarino, aspirante, produtor ou curioso e quer mostrar seu trabalho, estabelecer contatos e somar, venha para o Redemoinho Artístico! E quem sabe mostrar o resultado disso no Amostra Grátis. Reuniões sempre às sextas, 17horas! no SESC Tijuca. Contato: tijuca.geringonca@sescrio.org.br

23 de jun de 2010

amostra grátis c/ silvia machete 24/06 no sesc tijuca

 

E teremos ainda os ilustres: 
* CLARISSA CASTEDO (CLOWN)
         *DEVID SILIPRANDI (CLOWN)

 *GISELLE SANTYAGO (CONTAÇÃO DE ESTÓRIA)

*ANDERSON GAGO(STAND UP COMEDY)

22 de jun de 2010

Silvia Machete | Eu não sou nenhuma santa


No dia 24 de junho, o Amostra Grástis traz a partir das 17h a volta do Workshow, onde um artista conhecido vai para o palco junto com uma banda em início de carreira. Eles não podem se falar ou se encontrar antes do dia do show e tentam juntos fazer um espetáculo. Já passaram por essa modalidade dos esportes culturais contemporâneos gente fina como Otto, Rita Ribeiro, Moska, Zéu Brito e outros à altura...Segue o release da artista convidada para essa edição, Silvia Machete, que brincará com tudo que tem na manga, com a banda de rock rural Na Sala do Sino.

Livre, leve e solta. O velho bordão frenético cabe justinho em Silvia Machete. Quem ouviu seu primeiro CD ficou atento; quem assistiu alguma apresentação se surpreendeu; quem chega agora pode se juntar ao (cada vez maior) grupo e provar o show Eu não sou nenhuma santa, registrado também em DVD, que mostra a cantora em seu habitat natural: o palco.

O espetáculo vai além de um show, é uma experiência artística completa que combina música, circo e teatro. Um cabaré divertido comandado por Silvia Machete. Cantora-entretainer-acrobata-pinup com muito jogo de cintura, voz afinada e ótimas tiradas de brinde.

O programa contém cenas de bom humor explícito. Mas vai bem.além e a brincadeira é levada a sério quando se fala em música. Silvia canta com graça como uma Celly Campello transviada. É moderna como uma Carmen Miranda pós-tropicalista.

Silvia também compõe. Sucesso imediato, amor à primeira ouvida, tem sido Toda bêbada canta. A biografia não-oficial da Rê Bordosa que está em cada mulher gera identificação imediata. Passa ainda o romantismo divertido de Eu só quero saber de você, a bossa-fora 2 hot 2 be romantic, o flerte de Pé, ou a viagem interplanetária de Bomb of love, que traz mensagens pacifistas.

A moça também sabe pescar peças do repertório alheio e dar a sua cara (à tapa?). A cantora descobre uma delícia oculta da dupla Roberto e Erasmo e faz uma versão acariocada do Guns’n’Roses. Nada é impossível pra ela, que no ramo das descobertas ainda saca um samba de Hervê Cordovil e um drama de Sérgio Sampaio

Silvia Machete, cantora e compositora. Silvia Machete, acrobata e entretainer. Todas essas se encontram no palco. foto1: Silvia Machete; foto 2: Na sala do sino, no MOLA

11 de jun de 2010

Sônia Destri | sobre a Oficina Dinâmicas Urbanas

A Companhia Urbana de Dança aceitou com prazer o convite do Projeto Geringonça, que se realiza no SESC Tijuca, todas as quartas-feiras, para uma jornada de 4 oficinas durante todo um mês. A Companhia, com a oficina Dinâmicas Urbanas, consegue com frequência reunir todas as idades em um único espaço para dividir e compartilhar suas experiências como dançarinos e como monitores e coreógrafos assistentes. E isso voltou a acontecer no SESC Tijuca dentro do Geringonça: de jovens atores, a curiosos, a terceiraidades e dançarinos de rua, todos ali, compartilhando esse momento particular.

Durante quatro semanas de 18 horas às 21 horas, esses alunos se concentraram com propósito único de compartilhar, trocar, aprender, ensinar e se divertir.
O resultado da oficina Dinâmicas Urbanas da Companhia Urbana de Dança, normalmente é uma montagem lúdica e divertida do que se vivenciou durante esse trajeto, e com a Amostra Grátis pudemos aprimorar esse resultado, uma vez que a apresentação se transformou num pequeno SHOW CASE dos alunos envolvidos no projeto e os dançarinos da Companhia.

A Companhia se sente honrada de ter participado dessa experiência super enriquecedora, tanto para os dançarinos quanto para os alunos, e vem aqui agradecer ao convite e desde já sinalizando que estamos super abertos a novos convites.

Grande abraço

Companhia Urbana de Dança e Sonia Destri

8 de jun de 2010

DEBATE COM ESPAÇO: MINHA CASA, SUA CASA.

O texto abaixo é um relatório sobre a oficina de artes cênicas que o Projeto Geringonça ofereceu em Maio de 2010 realizados, ele o relatório e ela a oficina, por Thierry Trémouroux e Raquel Karro. Em breve traremos relatos dos participantes da oficina.


Uma oficina concebida a partir dos conceitos "Minha casa, sua casa" e “Debate com o espaço”.
Quatro encontros com pessoas das mais diversas áreas como: jovens atores sem muita experiência, uma palhaça, uma psicóloga, algumas donas de casa e pessoas de idade. Moradores ou não da Tijuca.
Número alto de interessados em fazer a oficina e também alto número de efetivos participantes. Muitos deles frequentadores assíduos das programações do Sesc Tijuca e do projeto "Geringonça".

No programa:
- jogos de reconhecimento do corpo como instrumento de comunicação, partindo da auto-observação e também do olhar do outro. Do que é visto, mas também do que não é visto. Exercícios como: "mapa do corpo", "você não está vendo, mas aqui temos...", ou ainda: "jogo do Peter Brook".

- observação de possíveis percursos: grupos aleatórios foram definidos ou definiram-se entre si, com o objetivo de elaborar percursos como: seguir alguém na rua, entrar na casa do outro, trazer fotos, roupas, objetos pessoais, etc... que contassem uma trajetória.

- linguagens apresentadas na apresentação dos trabalhos preparados pelos participantes: pequenas improvisações teatrais, instalações, danças e vídeos.

- organização dos trabalhos selecionados, com entrelaçamento dos participantes, na forma de um pequeno espetáculo de 25 minutos. Apresentação para o público, formado por convidados dos membros e do próprio Sesc.

O resultado, considerando-se o pequeno tempo de pesquisa e as características relatadas acima, incluindo aí as diversas formações e origens dos participantes, apresentou-se como um enorme interesse por novas formas, por formas contemporâneas, que relacionem a vida do dia-a-dia com a cena. Seja no deslocamento de sua casa para um outro lugar, na busca de si mesmo, ou nas possíveis perguntas sobre o outro.

É com muito prazer que conduzimos esse trabalho! Contamos com o total apoio da equipe do “Geringonça” e, é com grande interesse que nos colocamos à disposição para darmos continuidade ao trabalho. De forma mais regular, conforme os desejos da unidade do Sesc Tijuca e do público da oficina.

Atenciosamente,
Thierry Trémouroux e Raquel Karro

4 de jun de 2010

Estamos aqui reuinidos para celebrar a união do pensamento e da arte!!!!

Redemoinho artístico!
Um espaço fora do tempo...
O movimento é coletivo e a Amostra é Grátis!

TV Geringonça

Loading...